Tons Vizinhos

O Que São Tons Vizinhos Próximos

Possuem o mesmo núcleo tonal entre si.

Iremos falar primeiro dos tons vizinhos diretos. Os graus que possuem somente um acidente em comparação com tom principal são os graus IV e também V. Já o sexto grau não tem nenhum acidente. Já que é nosso hábito, iremos conferir essas afirmações. Tome a título de exemplo o campo harmônico do Dó maior. O quarto grau é Fá maior, o quinto é Sol maior e também o sexto é Lá menor.

Observe aquém as escalas de qualquer um desses tons:

Escala - Fá maior: F, G, {A}, Bb, C, D, E

Escala - Sol maior: G, {A}, B, C, D, E, F#

Escala - Lá menor: {A}, B, C, D, E, F, G

Note que as escalas do quarto e também quinto graus (Fá e também Sol) possuem somente um acidente (Bb e também F#, respectivamente) em comparação com tom principal (Dó). A escala para Lá menor não tem nenhum acidente, uma vez que é a relativa menor. Já que qualquer um desses graus (Fá, Sol e também Lá) tem uma função harmônica dissemelhante, concluímos que os tons vizinhos diretos podem exercer função relativa, subdominante e também dominante, para os graus IV, V e também VI (Fá, Sol e também Lá), respectivamente. Bastante interessante, esses são pequeno número de tons vizinhos que vamos poder utilizar afim de fazer modulações. Outra opção seria pegar os tons relativos dos graus IV e também V ( porque os relativos possuem as mesmas notas que estes). Iremos conferir continuando com o nosso exemplo:

Relativa menor - Fá: Ré menor.

Relativa menor - Sol: Mi menor.

Escala - Ré menor: D, E, F, G, A, Bb, C

Escala - Mi menor: E, F#, G, {A}, B, C, D

Como era de se aguardar, essas escalas possuem as mesmas notas das escalas do Fá e também Sol. Desta maneira, elas também possuem somente um acidente em relação à escala do Dó. Esses são os chamados tons vizinhos indiretos. Olhando do lado da tônica, eles são os graus II e também III do campo harmônico maior do Dó (Ré é o segundo grau e também Mi é o terceiro grau ).

Talvez você esteja pensando: " Uma vez que os graus II e também III possuem somente um acidente também, já que eles não são considerados vizinhos diretos".

Bom, essa pergunta faz sentido, enfim o segundo grau tem função subdominante (seria um vizinho direto subdominante) e também o terceiro grau tem função tônica (seria um vizinho direto tônico). Porém, esses graus são menores, e também {a} modulação que vem de um acorde maior pra um acorde menor não é possível que ser considerada direta, com exceção da modulação pela relativa menor.

Desse modo, {quando'enquanto} modulamos {para} esses acordes menores, entendemos que estamos modulando indiretamente para os graus IV e também V. Isso faz com que eles sejam chamados por tons vizinhos indiretos.

Trilhando o exato raciocínio, se nossa tonalidade fosse menor, os vizinhos diretos seriam menores e também os indiretos piores. Os tons vizinhos próximos, por sua vez, são os tons homônimos. Iremos conferir as escalas do Dó maior e também Dó menor:

Escala Dó maior: C, D, E, F, G, A, B

Escala Dó menor: C, D, Eb, F, G, Ab, Bb

Repare como o tom homônimo tem três acidentes em comparação com tom principal. Porém, mesmo com o fato de possuir três acidentes, o núcleo tonal é o mesmo para o tom homônimo, e também isso faz com que tal tom tenha uma afinidade com o tom original. A solução, em ambos casos, caminha em direção a mesma tônica Dó ( núcleo tonal = Dó), sendo que essa tônica, enquanto pensamos nos acordes (C e também Cm), difere do somente uma nota: a terça. Desse modo o tom homônimo também é considerado vizinho.

Beleza, já sabemos quem são os tons vizinhos. A utilização prática disso, da forma que mencionamos lá no início, é descobrir decidir pra onde vamos poder cantar em uma música. Ao selecionar pular pra um tom vizinho, estamos escolhendo uma tonalidade que tem alguma afinidade com o tom principal, e também isso irá resultar em uma transição bem mais agradável ao ouvido.